domingo, 9 de maio de 2010

O mundo é assustador

Sim, assustador, e é por isso que certos indivíduos tendem a se isolar. Alguns tentam viver totalmente à margem da sociedade. Outros observam calados as situações constrangedoras, traumas, pessoas irritantes e tudo de ruim que o mundo lhes proporciona. É deste último tipo que vamos tratar neste blog.
Esses tímidos observadores muitas vezes são tratados como apáticos e sem opinião, o que geralmente não é verdade pois tais seres costumam reservar para si mesmos grandes idéias e reflexões.
Mas, bem, por que eles não expressam logo o que querem dizer e deixam de frescura?
Por vários motivos, talvez arrogância, uma timidez muito acentuada... Mas o tipo mais interessante é aquele que não consegue encontrar palavras ou gestos que consigam exprimir a complexidade de seus pensamentos.
O Menino da Caixa de Sapato é um personagem criado por dois amigos um tanto marginais, que, tendo vivido uma infância cheia de preconceitos e malícia, foram ensinados a odiar as pessoas estúpidas e colher pessoas interessantes dentre um grande monte de lixo social. Tais experiências resultaram num personagem complexo e de expressões apáticas, que, com 15 centímetros de altura, é obrigado a encarar a selva do mundo moderno do lado de fora da sua caixa de sapato.
Sua forma atual e tirinhas foram desenvolvidas por Pedro Pantai (eu), estudante de artes, desenhista, pseudo-músico, pseudo-poeta, pseudo-vagabundo e pseudo-inimigo de São Paulo.
Até mais.

2 comentários:

  1. Cara, que introdução bonita... Tô emocionado pelo Menino, de verdade. Tipo, até empolgado e tal, pois sei que o Menino da Caixa de Sapato ainda vai alcançar a fama, é bom demais pra ser ignorado.

    ResponderExcluir